Curso de PHP Com MySQL

download Curso de PHP Com MySQL

of 33

  • date post

    13-Feb-2018
  • Category

    Documents

  • view

    221
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Curso de PHP Com MySQL

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    1/33

    Curso de PHP e MySQL

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    2/33

    ndice

    1 MySQL .............................................................................................................................31.1 - Principais Caractersticas ...........................................................................................31.2 - A Estrutura ................................................................................................................. 41.3 - O Sistema de privilgios.............................................................................................51.4 - O Ambiente MySQL ..................................................................................................61.5 - Exemplos .................................................................................................................... 7

    2 - PHP..................................................................................................................................11

    2.1 - Um breve histrico de PHP...................................................................................... 132.2 - Comentrios..............................................................................................................142.3 Variveis ..................................................................................................................14

    2.3.1 Inteiros e ponto flutuante..................................................................................152.3.2 Arrays ............................................................................................................... 152.3.3 Strings ...............................................................................................................162.3.4 Variveis de variveis.......................................................................................17

    2.3.5 Type casting......................................................................................................172.3.6 Variveis por referncia no PHP4 ....................................................................172.4 - Operaes Matemticas............................................................................................182.5 - Operadores................................................................................................................18

    Exemplo........................................................................................................................18Exemplo........................................................................................................................19

    2.6 - Operaes com strings..............................................................................................202.7 - Controlando o fluxo e LOOPS .................................................................................21

    2 8 T t d f l i 22

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    3/33

    1 MySQL

    MySQL um servidor de banco de dados SQL multi-usurio emulti-threaded. SQL a linguagem de banco de dados mais popular nomundo. MySQL uma implementao cliente-servidor que consiste deum servidor e diferentes programas clientes e bibliotecas.

    SQL uma linguagem padronizada que torna fcil oarmazenamento e acesso de informaes. Por exemplo, pode-se usar

    SQL para recuperar informaes de produtos e armazenar informaesde clientes para um site Web.O servidor MySQL tambm rpido e flexvel o suficiente para

    permitir armazenar logs e figuras nele. As principais vantagens doMySQL so velocidade, robustez e facilidade de uso. MySQL foioriginalmente desenvolvido pois a equipe da T.c.X. DataKonsultAB(empresa que desenvolveu MySQL) precisava de um servidor SQL quepudesse manipular banco de dados grandes numa ordem de magnitudemais rpida que qualquer banco de dados comercial pudesse lhesoferecer. A equipe da TcX tem usado MySQL desde 1996 em umambiente com mais de 40 banco de dados contendo 10.000 tabelas, dasquais mais de 500 tm mais de 7 milhes de registros. Isto somaaproximadamente 100 Gbytes de dados.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    4/33

    ! Sistema de privilgios flexvel, simples, eficiente e seguro, quepermite verificao baseada em host.

    ! Suporte a ODBC (Open DataBase Connectivity) para Windows95 esuas funes. possvel, por exemplo, usar o Access para conectarao servidor MySQL;

    ! Tabelas de disco sob a forma B-tree rpidas com compresso dendices;

    ! Permite 16 ndices por tabela;! Disponibiliza registros de tamanho fixos e variados;! Manipula grandes bancos de dados com vastos volumes deinformaes, na ordem de 50.000.000 registros;! Escrita em C e C++. Testada com diferentes compiladores;! Possui um sistema de alocao de memria extremamente rpido;! Suporte total ao conjunto de caracteres ISO-8859-1 Latin1, todos os

    dados so salvos e ordenados neste formato;! Permite a definio de aliases em colunas e tabelas como no padro

    SQL92;! DELETE, INSERT, REPLACE e UPDATE devolvem o nmero de linhas

    afetadas pelo comando;! Nomes de funes no entram em conflito com nomes de tabelas ou

    colunas;! O servidor pode emitir mensagens de erros em diversas linguagens;! Clientes podem conectar ao servidor MySQL utilizando conexes

    k t

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    5/33

    ! INT(M) [Unsigned]: nmeros inteiros entre -2147483648 e2147483647. A opo "unsigned" pode ser usada na declarao

    mudando o intervalo para 0 e 4294967295 para inteiros no-sinalizados;

    ! FLOAT [(M,D)]: nmeros decimais com D casas decimais;! DATE: armazena informao relativa a datas. O formato default

    'YYYY-MM-DD' e as datas variam entre '0000-00-00' e '9999-12-31'.MySQL prov um poderoso conjunto de comandos para formatao emanipulao de datas;

    ! TEXT/BLOB: strings entre 255 e 65535 caracteres. A diferena entreTEXT e BLOB que no primeiro o texto no sensvel ao caso e nosegundo sim;

    ! SET: conjunto de valores strings;! ENUM: conjunto de valores strings, difere do SET pois s so

    armazenados valores previamente especificados.

    Alm dos tipos de dados existem outras opes a serem usadasem conjunto com os tipos de dados para a criao de tabelas eespecificao de colunas:

    ! Primary Key(Chave Primria): usada para diferenciar um registro dooutro. Cada registro, desta forma, no pode ter a mesma chaveprimria.

    !

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    6/33

    Create_priv, Drop_priv, sendo que as duas primeiras colunasestabelecem, de qual host o banco de dados pode ser acessado e as

    colunas termindas em priv so privilgios de acesso especificadoscom Y ou N (o default N).

    ! A tabela userdetermina os usurios que podem acessar o servidor esuas senhas de identificao a partir de um host. Sua estrutura decolunas : Host, User, Password, Select_priv, Insert_priv,Update_priv, Delete_priv, Create_priv, Drop_priv, Reload_priv,Shutdown_priv, Process_priv, File_priv;

    ! A tabela dbcontm as informaes relativas a qual banco de dadosum usurio de um certo host pode acessar: Host, Db, User,Select_priv, Insert_priv, Update_priv, Delete_priv, Create_priv,Drop_priv.

    1.4 - O Ambiente MySQL

    As tabelas acima funcionam exatamente como tabelas normaisMySQL. Elas podem ser facilmente modificadas usando comandos comoINSERT, UPDATE e DELETE.

    Para entrar no ambiente MySQL monitor, ou o programa cliente

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    7/33

    uma_tabela values(1,2);), criar bancos de dados (create uma_bd;),criar tabelas (create table teste(id int, descricao varchar(50));),

    mostrar tabelas do banco de dados selecionado (show tables;),descrever a estrutura de uma tabela (describe uma_tabela; ou showcolumns from uma_tabela;), remover tabelas (drop table teste;) eoutros comandos SQL comuns manipulao e controle de bancos dedados. O comando para desconectar-se do ambiente quit.

    1.5 - Exemplos

    [shell]$ mysql -u root

    Welcome to the MySQL monitor. Commands end with ; or \g.

    Your MySQL connection id is 2 to server version: 3.22.25

    Type 'help' for help.

    mysql> show databases;

    +----------+

    | Database |

    +----------+

    | mysql |

    | test |

    + +

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    8/33

    +-----------------+

    | Tables in Curso |

    +-----------------+| Aluno |

    +-----------------+

    1 row in set (0.00 sec)

    mysql> desc Aluno;

    +-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+

    | Field | Type | Null | Key | Default | Extra |

    +-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+

    | ID | int(11) | | PRI | 0 | auto_increment || Nome | varchar(40) | YES | | NULL | |

    | Email | varchar(30) | YES | | NULL | |

    | DataNasc | date | YES | | NULL | |

    | Matricula | varchar(9) | YES | | NULL | |

    +-----------+-------------+------+-----+---------+----------------+

    5 rows in set (0.00 sec)

    mysql> alter table Aluno drop Email;

    Query OK, 0 rows affected (0.00 sec)Records: 0 Duplicates: 0 Warnings: 0

    mysql> alter table Aluno add Endereco varchar(100) after Nome;

    Query OK, 0 rows affected (0.01 sec)

    Records: 0 Duplicates: 0 Warnings: 0

    mysql> desc Aluno;

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    9/33

    +----+-----------+

    | ID | Nome |

    +----+-----------+| 1 | Guilherme |

    | 2 | Fulano |

    +----+-----------+

    2 rows in set (0.00 sec)

    mysql> delete from Aluno where ID=2;

    Query OK, 1 row affected (0.00 sec)

    mysql> update Aluno set Nome='Guilherme Birckan' where ID=1;Query OK, 1 row affected (0.00 sec)

    Rows matched: 1 Changed: 1 Warnings: 0

    mysql> select * from Aluno;+----+-------------------+------------------+------------+-----------+

    | ID | Nome | Endereco | DataNasc | Matricula |

    +----+-------------------+------------------+------------+-----------+

    | 1 | Guilherme Birckan | Rua Pirineus, 43 | 1979-11-18 | 9723220-3 |

    +----+-------------------+------------------+------------+-----------+

    1 row in set (0.00 sec)

    mysql> grant all privileges on Curso.* to [email protected]

    identified by senha2000;

    Query OK, 0 rows affected (0.02 sec)

    mysql> quit

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    10/33

    mysql> drop table Aluno;

    Query OK, 0 rows affected (0.00 sec)

    mysql> drop database Curso;

    Query OK, 0 rows affected (0.00 sec)

    mysql> show databases;

    +----------+

    | Database |

    +----------+| mysql |

    | test |

    +----------+

    2 rows in set (0.00 sec)

    mysql> quit

    Bye

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    11/33

    2 - PHP

    PHP uma linguagem de scriptno lado do servidor (server-side)embutida no HTML, portanto necessrio instalar o interpretador dalinguagem no servidor de Web. PHP, assim como MySQL, estodisponveis para download para sistemas UNIX, mas para o sistemaoperacional Windows precisam de uma licena.

    PHP diferente de um scriptCGI escrito em linguagens como Perlou C pois, ao invs de escrever um programa com muitos comandospara sada em HTML, voc escreve um script HTML com um cdigoembutido para fazer a mesma coisa. O cdigo PHP encapsulado emtags especiais de incio e fim que permitem voc alternar para dentro efora do modo PHP.

    O que distingue PHP de algo como um Javascript no lado do cliente que o cdigo executado no servidor. Se voc tivesse um scriptPHP

    em seu servidor, o cliente iria receber os resultados da execuo destescript, e de maneira alguma poderia determinar qual o cdigo que estpor baixo desta execuo. possvel configurar um servidor Webparaprocessar todos os arquivos HTML com cdigo PHP, e ento realmenteno h maneira de os usurios perceberem que existe cdigo embutidona pgina HTML.

    No nvel mais bsico, PHP pode fazer qualquer outra coisa que um

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    12/33

    ?>

    Assumindo que hoje dia 06 de maio de 2000, a sada do scriptacima seria:

    Bem-vindo ao script de exemplo:

    Hoje : 2000-05-06.

    Alguns pontos a considerar:

    1. Todos os comandos PHP3.0 devem ser envolvidos pelas tags .Uma segunda maneira de denotar comandos PHP envolvendo-osnas tags ;

    2. Todas as sentenas de sada para a tela devem ser envolvidas poraspas () e conduzidas pelos comandos print ou echo;

    3. Quase todos os comandos PHP3.0 terminam com um ponto-e-vrgula;4. Todo comando HTML dentro do comando print ser executado

    normalmente pelo browsere desempenhar sua funo usual;5. Documentos incluindo cdigo PHP devem ser salvos com a extenso

    .php ou .php3, isto informar ao interpretador PHP3.0 para executaros comandos encontrados dentro das tags . possvel

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    13/33

    Um outro aspecto importante de PHP a capacidade de modificarvariveis passadas de formulrios HTML, tornando possvel a realizaode vrias tarefas como: envio de um e-mail(atravs da funo mail())baseado em informaes de uma pgina, impresso de pginaspersonalizadas, passagem e armazenamento de informaes em umbanco de dados etc.

    Existem vrias outras caractersticas interessantes a destacarsobre PHP, entre elas pode-se citar: Suporte ao modelo de orientao aobjetos, Interao com bancos de dados, Criao de imagens GIF,Autenticao HTTP, Manipulao de erros, Manipulao de cookies,Suporte para upload de arquivos, Conexes persistentes de bancos dedados, Manipulao de arquivos remotos entre muitas outras.

    Para se ter uma idia algumas classes de funes disponveis no

    PHP3.0 so listadas a seguir: funes de suporte a bancos de dados,especficas ao Apache (servidor de Web), de array, matemticas,calendrio, data, diretrios, execuo de programas, HTTP, imagem,filesystem, hashes, Rede, NIS, PDF, Perl, expresses regulares, strings,URL, compresso, XML etc.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    14/33

    2.2 - Comentrios

    Todo programa deve possuir comentrios, visando o entendimentodo cdigo em consultas posteriores. No PHP, existem trs tipos demarcadores de comentrio, que so:

    // e # para comentrio de uma linha. Por exemplo:

    // atribui o nome varivel

    $nome = "Guilherme Birckan";

    $email = "[email protected]"; # atribui o E-mail varivel

    e para comentrios que ocupem mais de uma linha, usamos osmarcadores /* */.

    /*

    Nas linhas abaixo, atribuiremos os valoresDo nome e do e-mail s respectivas variveis

    */

    $nome = "Guilherme Birckan";

    $email = "[email protected]";

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    15/33

    2.3.1 Inteiros e ponto flutuante

    As variveis inteiras so bastante simples de ser usadas, semnenhuma diferena das demais linguagens que voc est habituado ausar. Segue as sintaxes abaixo:

    $a = 123;$b = -123;

    As variveis em ponto flutuante tambm so bem simples,lembrando que no lugar da vrgula devemos usar um ponto (.):

    $a = 1.23; // a recebe 1,23$a = 1.2e3;

    2.3.2 Arrays

    PHP suporta arrays simples e mltiplas dimenses (tambmchamadas de matrizes). Usa-se uma varivel simples indexada paradenotar um array. Esta indexao pode ser feita por nmeros ou mesmopor strings usando colchetes:

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    16/33

    Em PHP3 temos um problema de referenciar arraysmultidimencionais dentro de strings. O exemplo a seguir no funciona:

    $a[1][5] = $f;echo Isto no vai funcionar: $a[1][5];

    Mas voc pode fazer isso usando a concatenao:

    echo Agora funciona: . $a[1][5];

    2.3.3 Strings

    Significado

    \n Nova linha

    \t Tab horizontal

    \\ Contra barra

    \$ Dollar

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    17/33

    2.3.4 Variveis de variveis

    Algumas vezes conveniente voc utilizar valores de variveiscomo nomes de outras variveis, utilizando assim variveis de formadinmica. Isto possvel em PHP!

    $a = hello; // Isto uma varivel simples$$a = world; /* Acabamos de criar uma varivel $hello com o

    contedo world */

    Voc tambm pode imprimir estas variveis de forma dinmica:

    echo $a ${$a};

    Ter como resultado: hello world

    2.3.5 Type casting

    Type casting em PHP funciona praticamente como em C:

    $a = 10; # $a um inteiro$b = (double) $a; # $b um double

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    18/33

    2.4 - Operaes Matemticas

    As operaes no PHP tambm seguem o padro das outraslinguagens (+, -, *, /, %[modulo da diviso], sin(), cos()). Alm destas,o PHP tem um completo conjunto de operaes matemticas, quepodem ser consultadas nesta pgina:

    http://br.php.net/manual/ref.math.php3

    Um exemplo para calcular o valor lquido de um preo, depois deaplicar 10% de desconto sobre o preo bruto:

    $valorbruto = 10;

    $desconto = 10 * $valorbruto / 100;

    $valorliquido = $valorbruto - $desconto;

    2.5 - Operadores

    http://br.php.net/manual/ref.math.php3http://br.php.net/manual/ref.math.php3http://br.php.net/manual/ref.math.php3
  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    19/33

    Operadores lgicos:

    Operadores de comparao:

    Exemplo Nome

    $a == $b Igual

    $a === $b Idntico

    $a != $b No igual

    $a < $b Menor que

    $a > $b Maior que

    $a

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    20/33

    2.6 - Operaes com strings

    Operaes com strings so uma das caractersticas maisdesenvolvidas do PHP. Para concatenar-se dois strings, usamos ooperador . - Dentre as funes mais importantes esto:

    strlen(), que permite saber quantos caracteres possui a string:

    echo "A palavra 'internet' possui " . strlen("internet") .

    " caracteres ";

    substr(),que devolve uma substring da string informada:

    echo substr("abcde", 2 , 2); // Esta linha ir exibir os

    caracteres "cd";

    ucwords (string),converte os primeiros caracteres de stringsem maisculo.

    Exemplo:

    $nome = ucwords("valdir henrique dias leite");

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    21/33

    2.7 - Controlando o fluxo e LOOPS

    As funes usadas para controlar o fluxo do programa e execuo de"loops" so:

    if ... else ... else if, que segue o padro da linguagem C:

    if ($sexo == "m") {

    echo "Voc do sexo Masculino\n";} elseif ($sexo == "f") {

    echo "Voc do sexo Feminino\n";

    } else {

    echo "Por favor, informe corretamente seu sexo\n";

    }

    switch, uma maneira de controlar o fluxo onde a varivel decontrole do fluxo pode ter vrias opes de valores. Este tipo de controlepoderia ser feito com uma seqncia de "ifs" e "elseifs", mas o uso doswitch torna o cdigo mais legvel e faz com que seja executado maisrapidamente, pois a verificao da varivel "$sexo" s feita uma vez edepois comparada com as opes de cada "case". Se no estiver emnenhuma delas, executado o bloco sob o "default". J com o "elseif", acomparao feita novamente a cada sentena. Neste exemplo, a

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    22/33

    while ($contador > 0) {

    $contador = $contador - 2;}

    f o r, para execuo de um loop determinada quantidade de vezes:

    for ($i==0; $i

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    23/33

    echo("Envie o formulrio

    abaixo\n"); # Cabealho de resposta.

    if ($erro == "") { // No houve nenhum erro no preenchimento

    mail("[email protected]", "Dados do Formulrio"," Nome:

    $nome\n E-mail: $email\n Telefone: $telefone\n","From:

    $email\nDate: $date\n" );

    echo("Obrigado por enviar este formulrio!\n");

    } elseecho("No foi possvel enviar o formulrio!
    Verifique as

    mensagens abaixo

    $erro \n");

    }

    echo("\n");

    Pronto!

    A novidades neste script :

    e-mail. Sua sintaxe a seguinte: mail(Destinatrio, Assunto,Mensagem, Informaes_Adicionais);

    Depois do script que envia e-mail, vamos fazer um outro queguarde as informaes de um formulrio HTML em um banco de dados.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    24/33

    Alguns exemplos de funes:

    /*Esta funo retorna TRUE ou FALSE, dependendo da validade ou

    no do e-mail informado.

    */

    function verifica_email($email){

    if strpos ($email, "@") = 0 {

    return false;

    } else {return true;

    }

    }

    /*

    Neste exemplo calculamos o valor lquido, tendo o valor bruto

    e o desconto a ser aplicado. Se o desconto no for informado,utilizaremos 10% como padro.

    */

    function valor_liquido($valor_bruto, $desconto = 10) {

    return ($valor_bruto - ($valor_bruto * $desconto/100));

    }

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    25/33

    2.10 Classes

    Como no poderia deixar de ter, PHP tambm possui suporte acriao de classes e objetos de forma simples:

    class carro {

    var $estado; // Estado do carro: ligado ou desligado

    function liga() {if ($this->estado != ligado) {

    $this->estado = ligado;return true;

    } else {return false;

    }}

    }

    $carro1 = new carro;$carro1->liga();

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    26/33

    Todas as caractersticas da classe me so herdadas pela classefilha. A herana mltipla no suportada pelo PHP.

    2.11 - Acesso banco de dados

    Como foi dito na apresentao do PHP, o acesso banco de dados

    um dos pontos fortes desta linguagem. Ele possui acesso nativo aADABAS, ORACLE, SYBASE, SQL SERVER, DBASE, INFORMIX, mSQL,MySQL, POSTGRESQL, alm de suportar ODBC, fazendo com que o PHPpossa trabalhar praticamente com todos os bancos de dados existentes.

    Neste mdulo vamos ver apenas as apenas as funes relativas aobanco MySQL, pois esta dupla PHP/MySQL est sendo preferida por uma

    boa parte dos desenvolvedores, particularmente no ambienteLinux/Apache.O MySQL um servidor SQL e portanto devemos seguir alguns

    procedimentos e regras para acesso aos seus dados. Se voc estacostumado com o Oracle ou SQL Server no ter dificuldades, mas sevoc usa somente bancos de dados do tipo Access ou DBF, poder terdificuldades em entender o mecanismo usado pelo MySQL.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    27/33

    Neste ponto j temos uma conexo com o servidor e j criamosum link com o banco de dados. Agora podemos enviar os comandos SQL

    que desejarmos. Se voc no souber SQL, aprenda :-)Agora segue nosso exemplo prtico: Vamos usar o script domdulo passado e alter-lo de modo que os dados digitados noformulrio sejam gravados no banco de dados Curso antes de enviar oe-mail.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    28/33

    echo("$erro \n");echo("

    Voltar\n");

    } echo("");

    Este o procedimento padro para usar servidores de banco dedados com o PHP:

    Conectar ao servidor Abrir o banco de dados (um servidor SQL pode ter mais de um bancode dados) Enviar os comandos SQL Desconectar do servidor

    A novidade deste exemplo fica por conta do comando die que finaliza oscript caso a funo que o precede no possa ser executada.

    2.12 - FTP e HTTP

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    29/33

    O comando acima gravar um cookie chamado "Visitou" com ovalor "sim", com apenas uma hora de durao. Note que o 3600 o

    nmero de segundos alm do horrio atual que o cookie deve ficarativo. Se no lugar de 3600, usssemos 36000, o cookie seria ativo por10 horas.

    FTP:A seqncia de tarefas para uso do protocolo FTP Conectar aoServidor, Identificar-se (Login e Senha), Enviar/Buscar arquivo(s),Desconectar. Os comandos para cada uma destas tarefas so:

    $conn = ftp_connect(ftp.inf.ufsc.br);

    $log = ftp_login($conn, 'login', 'pass');

    ftp_put($con, 'arquivo_remoto', 'arquivo_local',

    FTP_ASCII/FTP_BINARY);

    ftp_quit($conn);

    2.13 - Sesses

    Sesses HTTP servem para preservar dados em acessossubseqentes, atravs de registros de variveis de sesso. Usamosbasicamente trs funes:

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    30/33

    que para se manipular arquivos, tem-se que abrir e fechar o arquivo. OPHP possui as seguintes funes para se abrir e fechar arquivos:

    fopen( nome_do_arquivo, mode, [diretrio]) Abre o arquivo fclose( fp) - Fecha o arquivo

    Estes modos de abrir o arquivo podem ser os seguintes:

    r somente leitura; posiciona-se no incio do arquivo.

    r+ leitura e escrita; posiciona-se no incio do arquivo.

    w somente escrita; posiciona-se no incio do arquivo e o truncapara tamanho zero. Caso o arquivo no exista o PHP tenta cri-lo.

    w+ leitura e escrita; posiciona-se no incio do arquivo e o truncapara tamanho zero. Caso o arquivo no exista o PHP tenta cri-lo.

    a somente escrita; posiciona-se no final do arquivo. Caso oarquivo no exista o PHP tenta cri-lo.

    a+ leitura e escrita; posiciona-se no final do arquivo. Caso oarquivo no exista o PHP tenta cri-lo.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    31/33

    Neste ltimo exemplo, pega-se linha a linha de um arquivo e

    imprime em HTML separando as linhas pela tag
    .

    2.15 - Tratamento de Erros

    O PHP tem um esquema especial de "debugging" (tratamento everificao de erros), que acessado por uma porta TCP, que permiteacompanhar a execuo dos scripts e ver quaisquer erros que estiveremacontecendo.

    Alm disso o tratamento de erros pode ser feito no prprio script,conforme explicado abaixo:

    O PHP possui 4 nveis de erros e avisos, que so:

    1 - Erros de normais de Funes2 - Avisos Normais4 - Erro de interpretao8 - Avisos que voc pode ignorar, mas que podem causar danos execuo normal do script.

  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    32/33

    Bibliografia

    http://www.ibestmasters.com.br

    http://www.weberdev.comhttp://www.php.net

    http://www.webmonkey.com

    http://www.devshed.com

    http://www.mysql.com

    http://www.phpbuilder.com

    TRIDAPALI, Graziela W. & SANTANNA, Juliana S. Trabalho de Concluso de Curso Construindo uma aplicao de Comrcio Eletrnico

    comunidade

    http://www.ibestmasters.com.br/http://www.ibestmasters.com.br/http://www.weberdev.com/http://www.weberdev.com/http://www.php.net/http://www.php.net/http://www.webmonkey.com/http://www.webmonkey.com/http://www.devshed.com/http://www.devshed.com/http://www.mysql.com/http://www.mysql.com/http://www.phpbuilder.com/http://www.phpbuilder.com/http://www.phpbuilder.com/http://www.mysql.com/http://www.devshed.com/http://www.webmonkey.com/http://www.php.net/http://www.weberdev.com/http://www.ibestmasters.com.br/
  • 7/23/2019 Curso de PHP Com MySQL

    33/33

    comunidadecomunidade

    A cincia e a prtica j provaram: S evolumos quando vivemos em comunidade!A cincia e a prtica j provaram: S evolumos quando vivemos em comunidade!

    Alunos e professores, estacomunidade espera por vocs,

    venham participar!

    Artigos, trabalhos, foruns, jornais.sistema de mensagem, tutoriais,debates com alunos de outras

    universidades, novos amigos, tirardvidas sobre as matrias, enfim...

    INTERAGIRNT R GIRNT R GIRINT R GIRNT R GIR

    reas de Bases Tecnolgicas

    Cincia da Computao

    Eng. de Telecomunicaes

    Mecatrnica

    Automao

    Eng. EletrnicaEng. Eltrica

    Robtica

    Informtica

    Cincias Espaciais

    acesse

    www.tecnociencia.com.br

    e faa parte desta comunidadeAPOIO