Aula - Internet e Intranet

of 29/29
INTERNET INTERNET INTRANET INTRANET EXTRANET EXTRANET Professor: Kleper Gomes Professor: Kleper Gomes ([email protected]) ([email protected])
  • date post

    03-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    312
  • download

    9

Embed Size (px)

Transcript of Aula - Internet e Intranet

INTERNET INTRANET EXTRANETProfessor: Kleper Gomes ([email protected])

A INTERNET

A Internet um conglomerado de redes em escala mundial de milhes de computadores interligados pelo TCP/IP que permite o acesso a informaes e todo tipo de transferncia de dados. Ela carrega uma ampla variedade de recursos e servios, incluindo os documentos interligados por meio de hiperligaes da World Wide Web, e a infraestrutura para suportar correio eletrnico e servios como comunicao instantnea e compartilhamento de arquivos.

INTRANET/EXTRANET

INTRANEt uma rede de computadores privativa que utiliza as mesmas tecnologias que so utilizadas na Internet. O protocolo de transmisso de dados de uma intranet o TCP/IP e sobre ele podemos encontrar vrios tipos de servios de rede comuns na Internet, como por exemplo o email, chat, grupo de notcias, HTTP, FTP entre outros.INTRANET: Rede local privativa com funcionalidades similares a da INTERNET.

EXTRANET: A Extranet de uma empresa a poro de sua rede de computadores que faz uso da Internet para partilhar com segurana parte do seu sistema de informao. Uma extranet uma intranet que pode ser acessada via Web por clientes ou outros usurios autorizados. Uma intranet uma rede restrita empresa que utiliza as mesmas tecnologias presentes na Internet, como e-mail, webpages, servidor FTP etc.

CONECTANDO-SE INTERNET CONECTANDO

Para se conectar estrutura da Internet, necessrio conectar-se Estrutura de uma das redes que a formam. Normalmente, fazemos isso por meio da Rede de uma empresa conhecida como Provedor de Acesso.Formas de Conexo:1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Dial-Up (Linha Telefnica); Dedicado ADSL e ADSL2+; Via Cabo; Satlite; GSM; Rdio; Rede eltrica.

SERVIDOR DA INTERNET

O Servidor de acesso a internet a empresa responsvel pelo meio fsico que conecta o computador do cliente com a internet.Tipos de Servidores: 1. Servidor de Pginas ou Servidor Web; 2. Servidor de Entrada de E-mails; 3. Servidor FTP ou Servidor de Arquivos; 4. Servidor Proxy; 5. Servidor DHCP; 6. Servidor DNS OU Servidor de Nomes.

BROWSER NAVEGADOR

Um navegador, tambm conhecido pelos termos ingleses web browser ou simplesmente browser, um programa de computador que habilita seus usurios a interagirem com documentos virtuais da Internet, tambm conhecidos como pginas HTML, que esto hospedadas num servidor Web.

Principais Browser:1. 2. 3. 4. 5.

Internet Explorer; Mozilla Firefox; NetScape; Opera; Google Chrome.

CONCEITOS IMPORTANTES

HOME PAGE: Home page, home-page ou homepage a pgina inicial de um site; SITE: Um site ou stio, mais conhecido pelo nome ingls site, de website ou Web site, um conjunto de pginas Web; WWW - WORLD WIDE WEB: A WORLD WIDE WEB (Teia de mbito mundial) um conjunto de milhes de pginas de informao distribudas pela rede; URL - UNIFORM RESOURCE LOCATOR: Tudo na Internet tem um endereo, ou seja, uma identificao de onde est localizado o computador e qual recursos este computador oferece. @ ftp://ftp.elaine.pro.br

Exemplo: http://www.yahoo.com.br

PROTOCOLOS

um protocolo uma forma de comunicao que possibilita uma conexo, ou transferncia de dados entre dois sistemas computacionais. De maneira simples, um protocolo pode ser definido como "as regras que governam" a sintaxe, semntica e sincronizao da comunicao. Os protocolos podem ser implementados pelo hardware, software ou por uma combinao dos dois.

PILHA DE PROTOCOLOS

um conjunto de protocolos; H vrios protocolos em uma pilha porque h vrias tarefas (servios) a serem desenvolvidos pela rede. A pilha mais usada a pilha TCP/IP que a padro para internet.

Pilha de Protocolos TCP/IP

PROTOCOLO IP

Internet Protocol (Protocolo de Inter-Redes); Usado para enderear as estaes e, com isso, permitir o roteamento dos pacotes pela estrutura da Internet. O endereo lgico interpretado pelos roteadores justamente associado ao protocolo IP ( chamado endereo IP).

ENDEREO IP

Apesar de ser binrio (formado por zeros e uns), apresentado como 4 nmeros decimais, separados por pontos, que podem assumir qualquer valor entre 0 e 255 255. 200.213.45.178 Os nmeros decimais so chamados de Octetos.

IP (Fixo ou Dinmico)

Um computador pode receber seu endereo IP (e outros parmetro) de duas Maneiras. Fixo: Quando configurado manualmente para isso (por seu administrador); Dinmico: Quando recebe esses parmetros automaticamente de um servidor apropriado; Computadores servidores (aqueles que prestam servios na Internet utilizam endereos IP fixos (nunca mudam); Computadores clientes (usurios) usam endereos IP dinmicos, configurados automaticamente quando estes se conectam Rede. Endereos IP dinmicos podem mudar a cada conexo;

PROTOCOLO TCP

Transmission Control Protocol Protocolo de controle da transmisso; Numera os seguimentos; garante a entrega deles no destino; controla o fluxo (para que o destino no receba mais do que pode processar); e orienta a conexo;

confivel;

PROTOCOLO UDP

User Datagrama Protocol Protocolo de Datagrama de Usurio; No numera os seguimentos; no garante a entrega deles no destino; no controla o fluxo; no orientado a conexo; no d por falta de algum segmento extraviado; No UDP, por sua vez, feito para transmitir dados pouco sensveis, como fluxos de udio e vdeo, ou para comunicao sem conexo como o caso da negociao DHCP ou traduo de endereos por DNS No confivel; mais rpido que o TCP.

TCP x UDP

Em quase todos os servios teis (web, email, transferncia de arquivos), usamos TCP. Em alguns casos menos teis, onde se exige mais velocidade (como vdeo e msica), usa-se o UDP como protocolo de transporte (por isso, s vezes, faltam pedaos da msica ou do vdeo).

PROTOCOLOS DE APLICAO

So protocolos associados s diversas tarefas (servios) que podemos realizar na Internet;

Cada servio prestado por um protocolo de aplicao diferente (ou mais de um).

Cada protocolo de aplicao tem, associado a si, um nmero chamado de Porta.

PROTOCOLOS DE APLICAOHTTP

HTTPS Hypertext Transfer Protocol Nada mais que a juno dos protocolos HTTP e SSL; Protocolo de transferncia de Usado na transferncia de Hipertexto; mensagens sigilosas dos sites Usado nas transferncia de seguros (como acesso a banco on-line e sites de compras); pginas e arquivos na Web Apareceu o cadeado no (www) navegador, porque est Sua porta padro na Internet usando o HTTPS; a 80; Porta padro: 443.

PROTOCOLOS DE APLICAOSMTP Simple Mail Transfer Protocol (Protocolo de transferncia Simples de correio); Usado para envio de mensagens de correio entre o micro remetente e o servidor de envio; e entre os servios de correio. Usa a porta padro 25; POP Post Office Protocol (Protocolo de agncia de correio); Usado para o recebimento de mensagens de e-mail. Atravs do POP, um usurio traz, para seu micro, as mensagens armazenadas em sua caixa postal no servidor; Usa a porta 110;

PROTOCOLOS DE APLICAOIMAP Internet Message Access Protocol (Protocolo de Acesso a Mensagens na Internet); Permite o acesso s mensagens e pastas diretamente no servidor de correio no so trazidas ao micro do usurio, mas permanecem no servidor e de l so apagadas, lidas, movidas etc. Porta Padro: 143; FTP

File Transfer Protocol (Protocolo de Transferncia de Arquivos); Permite a cpia de arquivos entre computadores, bem como a manipulao de pastas e arquivos (renomear, criar, copiar, mover, excluir) diretamente no servidor. Usa as portas padro 20 e 21. Upload: Envio de dados Recebimento de dados

PROTOCOLOS DE APLICAODHCP

DNS

Dynamic Host Configuration Protocol Protocolo de configurao Dinmica de Estaes; Este protocolo fornece os endereos IP dinmicos aos computadores que se conectam Internet.

Domain Name Servive - Servio de Nomes de Domnios; Esse Protocolo (ou servio) permite a associao de nomes amigveis (nomes de domnio) aos endereos IP dos computadores, permitindo localiz-los por seus nomes ao invs de seus endereos IP; um sistema hierrquico e distribudo.

DOMNIOS

Por que o DNS hierrquico? Porque h estrutura de nveis em um endereo do tipo teste.com.br

1 Nvel: br (domnio geogrfico) 2 Nvel: com (tipo da instituio) 3 Nvel: teste (nome da instituio)

Pode haver mais nveis, mas sero de responsabilidade da instituio; Um computador cujo nome termina em .br no esta, necessariamente, localizado dentro do territrio nacional, mas est sujeito s regras e normas do registro de domnio do Brasil. Uma empresa que registrou seu nome na Intenet (3 nvel), poder usar seu domnio como uma espcie de sobrenome para seus computadores e subdomnios.

SERVIOS DA INTERNETE-mail; Web (www); Telnet; VoIP; VPN (Rede Privada Virtual);

SERVIOS DA INTERNETE-mail: Troca de mensagens entre usurios na Internet. Cada usurio possui um local onde pode receber mensagens esse local a caixa Posta; Cada caixa postal identificada por um endereo, no formato: [email protected]

As mensagens de correio eletrnico no podem transmitir vrus! Quem transmite os vrus so os arquivos anexos s mensagens. H trs protocolos diretamente envolvidos com o processo de envio de uma mensagem: POP, SMTP e o IMAP.

PGINA DA WEB

Pgina da Web, ou simplesmente pgina, um arquivo (um documento) que contm informaes apresentadas em um formato conhecido como Hipermdia; As pginas so criadas em uma linguagem de programao chamada HTML e podem apresentar textos, figuras, sons e vdeo (ou seja, multimdia).

HIPERMDIA X HIPERTEXTOHipertexto: Hipermdia: Descreve um ambiente de texto onde se podem criar a juno dos vnculos automaticamente termos Hipertexto entre documentos, Hipertexto, , em poucas palavras texto e Hipertexto. com links. Os hyperlinks (ou links) so esses vnculos. Essas ligaes so exatamente aquelas reas onde a mozinho aparece.

Hyper Text Markup Language (HTML HTML)

Linguagem baseada em marcaes (TAG`s), sendo a forma com que os documentos so estruturados para poderem ser visualizados pelos navegadores de internet (browser).

TELNET

Telnet um protocolo cliente-servidor usado para permitir a comunicao entre computadores ligados numa rede (exemplos: rede local / LAN, Internet), baseado em TCP. Telnet um protocolo de login remoto.

VoIP

Voz sobre IP, tambm chamado VoIP, telefonia IP, telefonia Internet, telefonia em banda larga e voz sobre banda larga o roteamento de conversao humana usando a Internet ou qualquer outra rede de computadores baseada no Protocolo de Internet, tornando a transmisso de voz mais um dos servios suportados pela rede de dados.

VPN (Rede Privada Virtual)

Rede Particular Virtual (Virtual Private Network - VPN) uma rede de comunicaes privada normalmente utilizada por uma empresa ou um conjunto de empresas e/ou instituies, construda em cima de uma rede de comunicaes pblica (como por exemplo, a Internet). O trfego de dados levado pela rede pblica utilizando protocolos padro, no necessariamente seguros.